terça-feira, 13 de março de 2012

Sobre Eunice Michiles Malty, agraciada hoje com Prêmio Bertha Lutz



Foi a primeira senadora da República Federativa do Brasil, pelo estado do Amazonas, e em seu mandato enfrentou as dificuldades e os desafios próprios de uma precursora, quando levantou temas até então pouco discutidos pela sociedade brasileira da época. Sua plataforma política foi marcada, principalmente, pela defesa dos direitos da mulher, da liberdade religiosa, do desenvolvimento sustentável, da educação ecológica e do planejamento familiar. Esta última ação foi reconhecida internacionalmente com medalha de honra ao mérito, concedida pelo Congresso dos Estados Unidos.


Em sua militância, buscou unir os ideais cristãos à política, fazendo da vida pública um instrumento de promoção da paz. Atualmente se dedica à Igreja Adventista, na qual exerce várias atividades. Foi presidente do Movimento da Mulher Democrática Social (MMDS). Após se casar, mudou-se para Maués (AM) onde lecionou e ocupou cargos de direção no Grupo Escolar Santina Filizola, no Ginásio de Maués, na Escola Normal e, por fim, no Serviço Nacional de Educação. Membro do Diretório Regional da Arena, foi eleita deputada estadual em 1974, e candidata a senadora, foi eleita primeira suplente de João Bosco de Lima.
Após a morte do titular, assumiu a cadeira no Senado, pertencendo à bancada do PDS. Com sua posse, em 31 de maio de 1979, a primeira mulher chegou ao Senado Federal mediante um processo eletivo, visto que a Princesa Isabel (1846-1921) foi senadora por direito dinástico, durante o Império. A passagem de Eunice Michiles pelo Parlamento foi marcada pela criação do Movimento da Mulher Democrática Social (MMDS) e pelo voto em Tancredo Neves no Colégio Eleitoral.


Em 1986, foi eleita deputada federal pelo PFL e integrou a Assembleia Nacional Constituinte que elaborou a Constituição de 1988. Escolhida conselheira do Tribunal de Contas do Amazonas, foi vice-presidente do colegiado até aposentar-se por idade, em 1999. Com sua bandeira política, Eunice Michiles sempre buscou exercer atividades humanitárias e ligadas à família.


Agência Senado

Veja também:




'Dilma é orgulho para todos os brasileiros', diz Sarney


Confira a seguir os vídeos da TV Senado com a entrega do prêmio para a presidente Dilma e o pronunciamento do presidente do Senado, José Sarney.


video
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário