segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Resposta de Hélio Fernandes

Limongi, são mais de 30 anos que lutamos lado a lado, e como dizia o apostolo Paulo "sempre combatendo o bom combate". Você é o único jornalista que pode dizer que já escreveu em todos os jornais do país. Pois você se habituou a mandar cartas para todos os órgãos. Do Oiapoque ao Chuí, fossem de esquerda, de centro ou de direita, publicavam o que você mandava. Tinham a certeza, que tudo que precisava ser dito, você dizia, e continua dizendo, sem nenhum interesse oculto. Repetindo você, continuaremos lutando e derrotando os fariseus. Abraços e saúde.

Comentários sobre o texto do aniversário do HF:

O maior símbolo, o verdadeiro Patrono do jornalismo brasileiro. (João Carlos Feichas Martins)

Hélio Fernandes e Limongi juntos é memória para produzir enciclopédia política. (Renato Riella)

Neymar, revidar e ser expulso é para otário

Melhor Neymar ser expulso agora, jogando pelo PSG ou amistosos da seleção, do que na Copa do Mundo.Dos males o menor.  Já era para Neymar está mais do que vacinado contra provocações dos adversários. Messi parece ter nervos de aço.  Também apanha muito em campo, mas nunca vi o craque argentino revidar, ao ponto de ser expulso e prejudicar a Argentina. Neymar devia se espelhar em Pelé, o maior de todos. Campeão do mundo aos 16 anos. Quanto mais recebia botinadas e coices, mais Pelé crescia em campo.  Fazia gols. Dava espetáculo e ganhava os jogos. Revidar, ser expulso e perder o jogo é coisa de otário. Aprende, Neymar.

SUFRAMA e Amazonastur discutem ações de fomento de turismo

A realização da Feira Manaus de Duas Rodas, a criação de um museu da história da Zona Franca de Manaus (ZFM) e a inclusão de um roteiro turístico de visitação das fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM). Essas foram algumas da ações de fomento do turismo discutidas entre  a Suframa e o presidente da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Orsine Oliveira Junior.

De acordo com Orsine Oliveira,   a ideia é começar o planejamento “desde agora” para que os eventos comecem a ser realizados em fevereiro de 2018, quando o modelo ZFM completará seu 51º aniversário. “A indução do turismo de eventos no Amazonas é a estratégia ideal para consolidar a atividade turística do Estado”, frisou Orsine Junior.

Entre as ações conjuntas previstas está a participação no Salão de Duas Rodas, que ocorrerá em novembro, em São Paulo, para iniciar o processo de captação de empresas do setor para participarem da primeira edição do Salão de Duas Rodas do Amazonas, que deverá ocorrer no Centro de Convenções Vasco Vasquez, provavelmente em março.

Outro projeto é utilizar a estrutura da Central de Fiscalização Rodoviária (CFR) da SUFRAMA, próxima ao Porto da Ceasa, para a criação de um museu que conte a história da ZFM, incluindo a exposição de produtos que deixaram de ser fabricados. Também integrariam ao projeto, a criação de um roteiro turístico de visitação das linhas de produção das fábricas do PIM e a implantação de um “Duty Free” no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Nas lojas do Amazonas Duty Free, os produtos fabricados na ZFM serão vendidos com isenção de impostos estaduais a passageiros de voos nacionais e internacionais.

Na parceria entre a SUFRAMA e Amazonastur também foi discutida a possibilidade do treinamento técnico de funcionários do órgão estadual para que sejam incluídas nas apresentações a potenciais investidores estrangeiros as vantagens fiscais concedidas em quem investe no Amazonas.

COLLOR APRESENTA PARECER SOBRE A DEFESA NACIONAL

Parecer do senador Collor é aprovado pela Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência. Em seu relatório, Collor discorre sobre a Política e a Estratégia Nacional de Defesa, bem como o Livro Branco de Defesa Nacional. O Livro é o mais completo documento acerca das atividades de defesa do Brasil. Por ele, o cidadão brasileiro e a comunidade internacional tomam conhecimento das políticas e ações que norteiam os procedimentos de segurança e proteção da nossa soberania. No final, Collor recomendou um Decreto Legislativo para aprovar a Política, a Estratégia e o Livro, cujos conteúdos devem ser remetidos ao Congresso Nacional, conforme determina a lei.


domingo, 22 de outubro de 2017

Capachos assinam carteira na Globo


O setor de pessoal da Globo, Globonews e O Globo, convoca com urgência os seguintes funcionários para renovar a carteira de trabalho. Pela ordem de entrada no ar, bajuladores  colaborando com os interesses da Globo,  sobretudo no Jornal Nacional: Chico Alencar, Alexandre Molon, Randolfe Fernandes,  Alvaro Dias, Efraim Filho, Glauber não-sei-de-quê, Vanessa Grazziotin, Jandira Feghali, e outros puxas-sacos da mesma laia.   A direção das organizações Globo desde já agradece os bons serviços prestados pelos ôcos  parlamentares citados no edital de convocação. Por fim, informamos que Chico Alencar, disparado o mais capacho da lista, seguido de perto por  Randolfe Rodrigues,  ganharão  também o troféu "Sabujo Global". Com chances de aparecer no "Globo Rural".

Moro fora da rinha política

Jelton Arquibancada nas nuvens. Realizado e mais feliz do que criança quando ganha doce. Motivo: entrevistou o vaidoso-mor da República, Sérgio Moro. A televisão do mal, mentirosa e torpe de nascença, encheu-se de falsa isenção e cretino desprendimento.  Mais uma vez o deslumbrado juiz serviu de bucha de canhão da torpe, infame e descarada  orquestração da Globo contra Temer e contra o Legisltivo, e, agora, também, contra o STF.  O empavonado Moro sumiu das pesquisas presidenciais. Sonhou, acordou e quase  caiu da cama. Quebrou todos os espelhos de casa. Por pouco não deprime. Diante das evidências do fracasso anunciado,o galã de preto   garantiu  para Jelton Arquibancada que não é candidato e nem pretende seguir  a carreira política. Singela auto-crítica é isso. 

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

APAE Manaus recebe doação de horta da Câmara Nipo Brasileira do Amazonas

A Câmara Nipo Brasileira do  Amazonas entregou sexta-feira, 20, uma horta orgânica, criada especialmente para a Associação dos Pais e Amigos do Excepcionais de Manaus (APAE-Manaus). O evento foi  na APAE   com a participação  do presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, e do Vice-Presidente Whirlpool Latin America, Armando do Valle.

Segundo o vice-presidente da Câmara Nipo, Iuquio Ashibe, as verduras e legumes que serão plantados na horta servirão  para consumo dos internos da Apae. “Desde 1999 temos uma parceria com a APAE Manaus e neste ano nossa contribuição será essa com essa horta”, explicou Ashibe.

De acordo com Iuquio Ashibe, a Câmara Nipo é quem ficará responsável pela cuidados e capacitará pessoas indicadas pela APAE para que, no futuro, eles possam assumir a responsabilidade de manter a horta.

“É uma horta bem diversificada com couve, cebolinha, pepino, chicória, alface, tomate...garantindo assim uma alimentação rica em nutrientes”, enfatizou o vice presidente da Câmara Nipo.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Hélio Fernandes tem a energia de Deus

Hélio Fernandes tem a energia de Deus.  A têmpera dos fortes. O vigor e a coragem dos verdadeiros guerreiros. Não se abate diante dos obstáculos. Completando 97 anos de idade, Hélio continua escrevendo diariamente textos contundentes, claro, precisos, verdadeiros e marcantes. Covardões patrulheiros e patrulhados omitem o aniversário de Hélio Fernandes.  Decano altaneiro da legítima imprensa. Quando toda a corja de pulhas ainda estava nos  cueiros, Hélio já lutava pelo Brasil. Contra opressores, contra falsos patriotas, contra venais que continuam sem honrar as calças que vestem. Vermes sem cérebros engravatados. Tenho fé em Deus que Hélio Fernandes  continuará vencendo a corja de fariseus e canalhas. Abraço forte, saúde e beijos para Hélio. 
Foto: Cláudia Martini


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Collor exige senado forte e soberano

Esclareço ao analista José Casado (O Globo-10/10) que não é do feitio do senador Fernando Collor agir com ressentimento. O ex-presidente raciona com a própria cabeça e anda com as próprias  pernas. Collor não é dissimulado. Defende a constituição e um senado forte e soberano. Não faz parte de nenhum grupo de senadores que ameaça o STF através do presidente da Câmara Alta, Eunício Oliveira. 

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Brasil firme em direção ao hexa

Marco Polo Del Nero é pé-quente e pragmático.  Tirou Dunga porque a seleção não estava bem. Corria o risco de não ir, pela primeira  vez, para uma copa do mundo.Batia na porta uma tragédia esportiva desanimadora e lamentável  para o Brasil penta campeão do mundo. Marco Polo chamou Tite . O carismático treinador  deu novo ânimo e cara para a seleção. As vitórias chegaram e o torcedor voltou a vibrar e acreditar na seleção. o Brasil  foi a primeiro a se classificar para a copa.  A seleção também é vitoriosa no quesito gestão.  A CBF  trabalha unida e vigorosa para que nada falte a Tite, atletas e comissão técnica.Patrocinadores acreditam na escalada da seleção em busca do hexa.  Rebotalhos  perdem tempo estrebuchando e sangrando ódio pelos olhos. Desconhecem, por rigorosa má-fé e incompetência que nada é mais grandioso em busca de um objetivo, do que o trabalho isento e eficiente. 

Indicadores do PIM apontam retomada de empregos

Os Indicadores de Desempenho do Polo Industrial de Manaus (PIM), divulgados pela SUFRAMA, apontam retomada de empregos na indústria incentivada da capital amazonense. Os números mais recentes, referentes ao mês de agosto, apontam, no acumulado do ano, 18.225 contratações contra 17.450 demissões, o que significa um saldo positivo de 775 vagas. A média de pessoas empregadas no PIM em 2017 está em 84.902 pessoas. No período de janeiro a agosto do ano passado, era de 84.682. Ainda que de forma tímida, o acumulado nos oito primeiros meses deste ano representa 0,25% mais empregos que o mesmo período de 2016.

Faturamento

As empresas do PIM faturaram R$ 50,8 bilhões entre janeiro e agosto deste ano. Este número representa um crescimento de 6,90% em relação ao mesmo período do ano passado. Analisando o faturamento em dólar, o crescimento relativo é ainda maior, em função da desvalorização da moeda americana frente à moeda nacional no período: 18,39% (saindo de US$ 13.6 bi para US$ 16 bi).

Com exceção do mês de junho, todos os meses deste ano vêm apresentando melhor desempenho de faturamento em relação ao ano passado. Levando em conta apenas o mês de agosto, o faturamento, em Real, saltou de R$ 6,9 bilhões para R$ 7,2 bilhões (crescimento de 4,56%).
Do total faturado nas indústrias do PIM, 28,88% diz respeito ao setor Eletroeletrônico que, sozinho, já faturou R$ 14,6 bilhões este ano, sem levar em conta os Bens de Informática. Somados, Eletroeletrônico e Bens de Informática representam quase metade do faturamento de todo o Polo Industrial de Manaus, com R$ 25 bilhões acumulados de janeiro a agosto. O setor de Duas Rodas representa 13,80% do total faturado, não apresentando evolução em relação a 2016, mas mantendo a média de faturamento, apesar da queda de 9,32 % no total de motocicletas produzidas.
Em relação aos produtos, o maior crescimento registrado vem dos Home-Theaters, que saltaram de 29.796 unidades produzidas em agosto de 2016 para 65.734 unidades em agosto deste ano: crescimento de 120,61%. Aparelhos de GPS, monitores de LCD e aparelhos telefônicos também apresentaram mais de 100% de crescimento no período. As maiores quedas registradas foram em videogames, câmeras fotográficas digitais e condicionadores de ar do tipo janela (embora os aparelhoAnálise

Para o superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, a retomada da geração de postos de trabalho, aliada ao desempenho crescente do PIM em diversos segmentos industriais, tem possibilitado projeções cada vez mais otimistas para o restante do ano. "A SUFRAMA busca fomentar um ambiente de negócios propício ao crescimento econômico e à geração de emprego e renda na região. O PIM é nossa principal ferramenta nesse aspecto e é muito importante verificar estatísticas positivas como essas. Também iremos trabalhar cada vez mais intensamente na atração de investimentos, para que novos empreendimentos cheguem à região e esses números só venham a crescer ainda mais nos próximos anos", disse Tolentino. Os splits tenham tido crescimento de 53,67%).

Análise

Para o superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, a retomada da geração de postos de trabalho, aliada ao desempenho crescente do PIM em diversos segmentos industriais, tem possibilitado projeções cada vez mais otimistas para o restante do ano. "A SUFRAMA busca fomentar um ambiente de negócios propício ao crescimento econômico e à geração de emprego e renda na região. O PIM é nossa principal ferramenta nesse aspecto e é muito importante verificar estatísticas positivas como essas. Também iremos trabalhar cada vez mais intensamente na atração de investimentos, para que novos empreendimentos cheguem à região e esses números só venham a crescer ainda mais nos próximos anos", disse Tolentino.







quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Casagrande ameaçado por criticar jogadores que elogiaram Bolsonaro - 11/10

Ancelmo,

Quem é Casagrande para patrulhar os outros?

"tempos de intolerância" de quem, Ancelmo??!!

Com que autoridade Casagrande se fantasia de 

moralista? 

porque é da tv-Globo??!

porque escreveram um livreco sobre ele?

Ganhou alguma copa do mundo??

Já que insiste em exibir qualidades que não tem,

deveria  deixar de conversa fiada e se candidatar

nas eleições de 2018. 

Não se julga duro , machão e sabidão?

Caso contrário, que permaneça hipócrita e

saiba  que quem diz o que não deve, ouve o que

não quer.

Ou deixe de ser paladino de araque

e aguente o tranco 

pois o jogo é duro. 


 LIMONGI

brasilia-df

Kfoury e Tostão, paladinos de meia pataca

Fracassado como jornalista e escritor, o folclórico Juca Kfoury em seus enfadonhos,  fedorentos e desacreditados  rabiscos, enfatiza   que é  idiota, embusteiro, torpe, venal, rancoroso, recalcado, pretensioso, arrogante, abjeto, repugnante, rebuscado, cretino, asqueroso, cínico, destrambelhado, leviano, dissimulado, mentiroso, calhorda, inexpressivo, obscuro,  sacripanta, beócio e parlapatão. Sempre movido com inconfundível  "estilo gilette, ou seja, corta  dos dois lados", na definição irretocável do deputado federal e ex-presidente do Corinthians, Andreas Sanches.  Kfoury engana a boa fé dos trouxas. Entre eles, Tostão. Outra vestal grávida e gênio da lâmpada estragada. Se julga o maior analista de futebol do planeta. Coitado. Sem noção. Tostão é apenas mais  expoente do timeco  dos falsos isentos e paladinos de meia pataca. 

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Nosso povo é ingrato - Carlos Brickmann


Desculpe, mas é preciso registrar que nossos concidadãos só reclamam, e quando suas reclamações são atendidas reclamam do mesmo jeito.
Carlos Arthur Nuzman, supremo cacique olímpico e chefão do vôlei, foi preso há dias. E está todo mundo indignado com ele. Lembremos: durante 50 anos, o país só viu o ouro olímpico em 1920 (Guilherme Paraense, tiro). 1952 e 1956 (Adhemar Ferreira da Silva, salto triplo). Não ganhávamos ouro olímpico nem no futebol. Enquanto isso, americanos, russos, cubanos, alemães orientais e chineses se entupiam de medalhas de ouro. Com a prisão de Nuzman, descobrimos que em seu poder tinha 16 barras de ouro. Mais ouro que todas as medalhas de todos os gringos, em todos esses anos, somadas. Agora reclamam dele por realizar nossos sonhos de medalhas!
E Geddel, então? Geddel, mais que uma pessoa, é legião; aqui o citamos como símbolo de tantos colegas que, como ele, se dedicam ao bem. E essa nobre atividade é desempenhada com tanto desvelo que, em poucos anos de carreira, os mais competentes entre eles já acumularam bens de sobra. Geddel, nosso exemplo, tinha R$ 51 milhões em casa.
Temos ainda o túnel construído para roubar R$ 1 bilhão do banco. Nós nos queixamos de obras superfaturadas e malfeitas. Este túnel foi bem feito em três meses, é sólido, custou R$ 4 milhões. Não temos do que reclamar: apenas reconhecer que os bandidos dos outros são melhores que os nossos.
Sem fantasia
Devido à prisão de Nuzman, acusado de pingar pixulecos para trazer ao Brasil os Jogos de 2016, o Comitê Olímpico Internacional suspendeu o Comitê Olímpico Brasileiro. Indignação por essa coisa tão feia, suborno!
Mas, desde que se concluiu que a Olimpíada é um grande evento turístico-econômico, Governos dos mais diversos países entraram na disputa para atraí-la. Devemos acreditar que, apesar dos abundantíssimos interesses comerciais em jogo, jamais algum Governo acenou com um “por fora” a dirigentes olímpicos que o apoiassem? Serão os dirigentes da Olimpíada tão fiéis ao amadorismo no esporte que não queiram, para usar o termo da moda, “monetizar” seu voto e influência? Devemos? Então, tá.
Vem que eu te quero tolo
As primeiras investigações indicam que Nuzman duplicou seus bens nos dois anos anteriores aos Jogos. Deve ter feito excelentes negócios, que lhe deram muito dinheiro, mais algum para gringos que poderiam ser úteis ao país. Ou isso, ou recebeu o dinheirão da turma lá de cima, separou uma boa parte para sim (quem parte e reparte sempre fica com a melhor parte) e deu o restante a gulosos futuros aliados internacionais. Fica faltando identificar a turma lá de cima. É só procurar nos jornais da época quem é que estava mais feliz com a vitória politica que era trazer ao Brasil a Olimpíada. Este colunista não vai pesquisar, não: já está cansado de ouvir o “é górpi!”
Vem prender-te em meus braços
Pegar aquele túnel tão bem feito no momento em que já estava debaixo do cofre do banco foi uma bela vitória. Só resta uma dúvida: por que não esperar os bandidos começarem a parte final do trabalho, o corte do cofre, para prender todos juntos? Há várias hipóteses: ou os bandidos detectaram a movimentação da policia e caíram fora ou, pior, tinham informantes bem situados que lhes contaram que a Polícia já havia descoberto tudo.
O erro dos afobados
O deputado Ricardo Tripoli, líder do PSDB na Câmara Federal, acha que o governador Geraldo Alckmin erra ao aproximar-se do presidente Michel Temer. Alckmin, possível candidato do PSDB à Presidência, quer minar as resistências do PMDB, o partido de Temer, a apoiar um candidato tucano. Tripoli acha que o Governo Temer já está com a popularidade perto de zero e, no ano que vem, terá virado pó. E seu apoio, em vez de ajudar o candidato tucano, irá é prejudicá-lo. Tripoli é um bom deputado, correto, estudioso, mas está se deixando levar por pesquisas fora de hora.
Número é número
Neste 6 de outubro, foram divulgados os números da inflação. A alta em setembro foi de 0,16% - um número baixíssimo, a ser festejado até na Suíça ou Alemanha. No acumulado do ano, de janeiro a setembro, a inflação foi de 1,78%. Fazendo-se a conta de 12 meses, de outubro de 2016 ao final de setembro de 2017, a alta de preços atinge 2,54%. A meta de inflação definida pelo Banco Central é de 4,5% ao ano, e Dilma jamais conseguiu mantê-la nesse nível. No momento, o Brasil discute ladroeira, está em crise política, Michel Temer sofre com processos. Na hora em que o país descobrir que o dinheiro está mantendo o valor, o apoio oficial volta a ser bom. Claro que Meirelles pode sair candidato, capitalizando o fato de ter comandado o time que segurou os preços, mas é sempre melhor estar do lado da inflação baixa, e não da desvalorização do dinheiro do eleitor.
     COMENTE: carlos@brickmann.com.br
Twitter: @CarlosBrickmann

Comitiva da Suécia recebe informações sobre o modelo ZFM

O funcionamento do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) foi tema da reunião na Suframa  entre técnicos da autarquia e uma comitiva sueca liderada pelo conselheiro técnico-científico da embaixada da Suécia no Brasil, Mikael Román, com a participação ainda de professores das universidades Nilton Lins, Unicamp e do ABC paulista. O evento faz parte da programação do Workshop Brasil-Suécia sobre digitalização da Amazônia. 

De acordo com o conselheiro da Suécia, o interesse da missão é levantar potencialidades na área de satélites, tecnologia de sistemas autônomos e drones, entre outros. “Essa viagem faz parte da sexta semana de Inovação Suécia-Brasil. Estamos com essa comitiva descobrindo novas regiões e aprofundando cada vez mais a dinâmica deste projeto para que chegue na sua capilaridade”, afirmou o conselheiro.

A comitiva foi recebida pelos técnicos da Coordenação Geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Jessé Rodrigues e Dave Silva, que apresentaram um histórico do modelo Zona Franca de Manaus e as vantagens comparativas de investimentos na região. “A SUFRAMA trabalha com a missão de promover o desenvolvimento regional executando uma política pública do governo federal brasileiro baseada no uso de tributos para fomentar o desenvolvimento regional por meio da industrialização”, afirmou Jessé Rodrigues. 

Outros assuntos levantados durante a reunião foram os recursos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), oriundos da Lei de Informática, que têm como programas prioritários no Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (CAPDA) a Economia Digital, a Biotecnologia e a Formação de Recursos Humanos. A Zona Franca Verde (ZFV), que incentiva a criação de indústrias nas Áreas de Livre Comércio (ALCs) a partir de produtos com preponderância da matéria-prima regional, também foi discutida como proposta recente de desenvolvimento industrial nas demais áreas de abrangência da SUFRAMA.

Covardia com anjos de Janaúba

Irretocável,  pungente, doloroso,  dramático e dilacerante o belo artigo de Cida Barbosa ("Um mundo maligno"- Correio Braziliense -9/10). O início é revelador e avassalador. Verdade que dói no coração. Permanente pesadelo dos que amam seus filhos e lutam para preservá-los:  "Estamos num mundo covarde, bárbaro, repulsivo, infame". Crianças merecem homenagens no dia 12. Mais amor do que nunca. Porém, que  os adultos não esqueçam também de saudar e orar pelas crianças vitimadas em Janaúba, agora brincando e cantando no céu.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Aniversário da Constituição - Justiça a quem merece

Amigo Gilberto,

Salve Bernardo Cabral!  Como relator-geral da

constituinte, o isento, bravo e competente

Bernardo Cabral precisa, ontem, hoje e sempre, 

ser reverenciado pelos brasileiros.  
  
Cretinice total só exaltar Ulisses  Guimarães, 

que, na verdade, durante os árduos e difíceis trabalhos

da constuinte fez três  coisas com esmero: deu 

entrevistas, tomou poir e levantou a nova Carta 

Magna.   

Palavras justas e aplausos, também, para os 

briosos relatores-adjuntos: José Fogaça, Nelson 

Jobim, Antônio Carlos Konder Reis e Adolfo de

Oliveira, já no céu. 

Também lembro que Bernardo venceu a disputa 

pela relatoria-geral, com FHC e Pimenta da Veiga,

em votação direta dos deputados. 

Caboclo bom, o Bernardo!


abs,


Limongi

domingo, 8 de outubro de 2017

Sábio FHC

É bom demais, abrir a janela, ver o sol radiante dando bom dia, fazer a barba, tomar banho e tomar café, lendo mais um artigo magistral do inatacável FHC. Exortando novos rumos para o Brasil. O ex-presidente é supimpa. Pedra noventa(ou seria cem?) FHC ilumina os espíritos   com sua incrível sapiência. Se FHC não existisse,estaríamos perdidos.  Não  sei o que seria de nossas existências. Há tempos faço economias para ir ao Vaticano assistir e aplaudir a canonização do beato FHC. 

Seleção estruturada e classificada

O torcedor brasileiro respira aliviado. Assiste de camarote o sufoco e o drama de seleções importantes correndo o risco de ficar fora da copa da Rússia. A seleção brasileira pulou a fogueira cedo. Com futebol bem jogado, se impondo em campo.Classificou-se com méritos.  Deixou a tensão e a aflição com os adversários.  Fora das quatro linhas, um componente valioso para o sucesso da seleção brasileira. A  competente e  indispensável gestão e  estrutura  da CBF. A vitória final virá com a conquista do hexa. 

Doria chama Goldman de fracassado

João Doria chama Alberto Goldman de fracassado
e Goldman devolve chamando-o de velhaco. 
Como eu venho dizendo, falta pouco para a corja
tucana sair no tapa. 
 
Silvio de Barros Pinheiro.
Santos - SP