sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Em reunião pró-reforma Previdenciária, Périco diz que Temer precisa respeitar o Norte

                                                                        Foto: Marcos Corrêa/PR


O vice-presidente da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam) e presidente do Centro da Indústria do Estado (Cieam), Wilson Périco, disse ao presidente Michel Temer (PMDB), nesta terça-feira, dia 6, que o Brasil precisa de um governo que tenha interesse pelo país e que não dê as costas para a Região Norte.
“Precisamos de um governo que tenha os interesses do país e da sociedade acima dos interesses políticos e partidários; que não dê as costas para a Norte e respeite os direitos e a contribuição dessa região para a Nação, porque somos parte da solução e não só dos problemas”.
Foi durante encontro de Temer com representantes das federações das indústrias dos estados do Acre, Maranhão, Pará e Amazonas, no qual também estavam o presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Andrade, e o presidente do Conselho Nacional do Sesi, João Henrique de Souza.
O Planalto tratou o evento como apoio das classes empresariais à reforma da Previdenciária e  Temer, segundo o site da Presidência da República, reforçou a necessidade da medida para garantir a sustentabilidade do sistema previdenciário.
Em entrevista Portal Planalto, João Henrique afirmou que os presidentes das federações das indústrias do Maranhão, do Pará, do Amazonas e do Acre demonstraram apoio à reforma no sistema previdenciário.
“É uma reforma extremamente necessária, compreendida pelos empresários que participaram da reunião, que se comprometeram inclusive a difundir aquela ideia e de fazer por onde a população entenda da necessidade dessa reforma”, afirmou.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Antonio Silva reúne-se com Michel Temer em busca de soluções para indústria do Amazonas

O Presidente, Michel Temer cumprimenta Antonio Silva, comandante da Fieam, após receber uma Agenda Estratégica Pró-Competitividade para o Amazonas
 
por pedrinhoaguiar

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, em reunião, ontem (06), com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, propôs uma Agenda Estratégica Pró-Competitividade para o Amazonas, com reivindicações consideradas prioritárias em infraestrutura, como a grave crise energética de Manaus, a recuperação da BR 319 e o fortalecimento institucional da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), restituindo-lhe a autonomia estabelecida no artigo 10º do Decreto Lei nº 288/67. Na ocasião, Antonio Silva fez entrega de documento a Michel Temer, que expõe os principais entraves que impedem avanço ao desenvolvimento social e econômico, bem como da preservação ambiental do Amazonas. “A grave crise econômica, que estamos atravessando, desafia a capacidade dos governos, empresas e entidades”, disse Silva, que alertou que é hora de corrigir ineficiências, reduzir custos, ajustar preços, modernizar e inovar os recursos para tornar o mercado brasileiro mais produtivo. De acordo com Silva, o presidente Temer recebeu as propostas como uma contribuição à melhoria de seu governo, e na ocasião demonstrou preocupação com a perda de 50 mil empregos na indústria, a crise energética e com redução da autonomia da Suframa. As propostas recebidas por Temer serão encaminhadas aos ministérios competentes. Esse foi o 4º encontro da Presidência da República com a Confederação Nacional da Indústria, Conselho Nacional do SESI e Federações das Indústrias do Acre, Amazonas, Maranhão e Pará.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

PERGUNTAS QUE NÃO VÃO CALAR TÃO CEDO:

ONDE ENFIARAM A CARA MEDONHA,   RECALCADA E ARROGANTE   OS PSEUDOS ANALISTA QUE  RABISCARAM ÓDIO E FRUSTRAÇÃO CONTRA RENAN CALHEIROS, ALGUNS DELES ETERNAMENTE TRAVESTIDOS DE CARRASCOS, POLICIAIS E JUÍZES?

SERÁ QUE VÃO CONTESTAR A DECISÃO DO SUPREMO?
SERÁ QUE TENTARÃO, PELA PRIMEIRA VEZ NA VIDA, VOLTAR A ESCREVER SOBRE O ASSUNTO COM A ISENÇÃO PROFISSIONAL QUE TODOS OS  TEMAS-PAUTAS MERECEM?
QUANDO VÃO TOMAR VERGONHA NA CARA IMUNDA E CRETINA?
AFINAL, SÃO JORNALISTAS OU EMPOMBADOS  PATRULHEIROS?

SERÁ QUE VÃO CONTINUAR ENGANANDO OS LEITORES COM INFORMAÇÕES DESENCONTRADAS, DETURPADAS E MENTIROSAS CONTRA RENAN, COMO SE FOSSEM PALADINOS E DONOS DA ÉTICA,
LEVANDO IDIOTAS A ESCREVER TOLICES E BURRICES NAS REDES SOCIAIS(PARAÍSO DOS COVARDES E CANALHAS), PORQUE RECEBEM DIARIAMENTE UM  MONTE DE INFORMAÇÕES TRUNCADAS E MENTIROSAS ATRAVÉS DE SACRIPANTAS DA IMPRENSA, QUE ADORAM INSULTAR OS OUTROS SÓ PORQUE TÊM ESPAÇO VALIOSO NA MÍDIA?
OU PERMANECERÃO BABANDO ÓDIO NO COMPUTADOR FANTASIADOS DE SÁBIOS, INTOCÁVEIS  E DONOS DA VERDADE?

MORRO DE RIR.

A CARAPUÇA É DO TAMANHO DO MARACANÃ. QUEM QUISER QUE ENFIE. 

Ministro Marcos Pereira e superintendente Rebecca Garcia fazem balanço positivo de 2016 no Conselho da Suframa

Apesar dos desafios impostos pela conjuntura econômica, o ano de 2016 contou com diversas ações e avanços que abrem perspectivas para um 2017 com mais resultados positivos. Esse foi o balanço feito pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços , Marcos Pereira, e pela superintendente da Zona Franca de Manaus, Rebecca Garcia, na Reunião  do Conselho de Administração da SUFRAMA

Na última reunião do ano foi aprovada uma pauta contendo  com 26 projetos, sendo sete de implantação e 19 de ampliação, atualização ou diversificação. Os investimentos totais previstos são de mais de meio bilhão de reais (US$ 145.7 milhões). Estima-se, ainda, a geração de pelo menos 398 empregos ao longo dos próximos três anos em diversos segmentos do Polo Industrial de Manaus.

O ministro Marcos Pereira e a superintendente Rebecca Garcia fizeram questão de ressaltar a importância da retomada na regularidade dos encontros do Conselho, lembrando que, desde 2012, não ocorriam seis reuniões  em um mesmo ano. Ao todo, em 2016, as seis reuniões realizadas possibilitaram a aprovação de 184 projetos, sendo 46 de implantação e 138 de ampliação, atualização ou diversificação, que preveem mais de US$ 2.5 bilhões em investimentos totais acumulados e a geração de 3.295 empregos diretos.


De acordo com Pereira, os números do Conselhão em 2016 são extremamente positivos e cada projeto de investimento aprovado inspira e renova otimismo na recuperação econômica do Brasil. “A economia da Zona Franca de Manaus está inserida num contexto macroeconômico nacional e internacional. Este ano foi um ano difícil e talvez os números não sejam tão grandes quanto de anos anteriores. Mas cada projeto aprovado no CAS é uma boa notícia, é algo positivo, pois representa a geração de renda e de emprego”, observou.

Marcos Pereira agradeceu ainda a confiança dos investidores por continuarem apostando no País e elogiou o esforço dos servidores da SUFRAMA e do MDIC para garantir um melhor ambiente para a realização de negócios. O ministro também fez prognósticos positivos para 2017. “O Brasil é um país pujante, guerreiro e vai superar essa crise. Ano que vem vai ser melhor. Já há previsão de crescimento entre 0,5% a 0,8%. É claro que precisamos fazer nosso dever de casa e outras reformas  indispensáveis”, analisou.

Saldo positivo

A superintendente Rebecca Garcia avaliou que, apesar de todos os obstáculos enfrentados em 2016, o ano termina com um saldo positivo para a Zona Franca de Manaus. “Este ano, por exemplo, aprovamos a Zona Franca Verde (ZFV), um projeto de desenvolvimento regional apoiado no uso sustentável da nossa biodiversidade e geodiversidade. Estamos agora na fase de disseminação e divulgação desse modelo”, revelou.

Rebecca Garcia  listou uma série de medidas administrativas adotadas na autarquia para aprimorar processos internos e melhorar atendimento aos usuários. “Para isso, implementamos a Ouvidoria. Estamos criando o Sistema de Atendimento ao Cidadão (SAC) SUFRAMA. Aderimos ao Gespública, um modelo de excelência de atendimento no serviço público, e criamos grupos de trabalho para elaborar o Plano de Logística Sustentável e a Política de Gestão de Riscos. Para garantir mais transparência, ingressamos no Plano de Dados Abertos e, com vistas à desburocratização e à melhoria em infraestrutura, entramos na Redesim e  participamos do projeto Amazônia Conectada, em parceria com o Exército. Além disso, reabrimos o posto de atendimento da SUFRAMA no Aeroporto Eduardo Gomes, entre outras iniciativas", salientou.

Rebecca destacou medidas como a revisão de marcos regulatórios, entre eles, a implementação de metodologia de análise de projetos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D). Rebecca frisou que já está na Casa Civil para redação final um novo modelo de cobrança das Taxas de Serviços Administrativos (TSA) da SUFRAMA. Outra ação ressaltada foi a atuação da SUFRAMA na disseminação da cultura exportadora na região, com o desenvolvimento de diversas atividades no âmbito do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) e do Grupo Técnico Permanente para o incremento da competitividade da Zona Franca de Manaus como plataforma de exportação (GT-ZFM). “É importante mencionar ainda que, desde novembro de 2015, já foram aprovados 56 Processos Produtivos Básicos (PPBs), que possibilitaram a fabricação de novos produtos como cafeteira elétrica, aparelho auditivo e aparelho de pilates”, observou.

Por fim, Rebecca agradeceu o empenho do ministro em estar presente às reuniões do Conselho, bem como o trabalho dos servidores da SUFRAMA ao longo de 2016, que permitiu a execução de todas as atividades destacadas. “A presença do ministro às reuniões do CAS fortalece a SUFRAMA e a Zona Franca de Manaus. E ao citar todos esses avanços estamos prestando o reconhecimento ao trabalho dos servidores desta autarquia, que formam uma equipe técnica extremamente qualificada e profissional, e o apoio dado pelo MDIC e pelo governo federal como um todo à nossa região”, enfatizou.

Além do ministro Marcos Pereira e da superintendente Rebecca Garcia, participaram da Mesa Diretora da 277ª Reunião  do CAS o prefeito de Manaus, Artur Neto; o secretário  de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas, Thomaz Nogueira; o deputado estadual  Serafim Corrêa; o secretário  da Representação do Governo de Roraima em Manaus, Evandro Andrade; e o fiscal de Tributos do Governo do Amapá, Inácio Barroso.

Calendário itinerante

Os conselheiros também aprovaram o calendário das seis reuniões programadas para o exercício de 2017, as quais, em função da comemoração dos 50 anos da SUFRAMA e do modelo Zona Franca de Manaus, terão sedes itinerantes com revezamento entre as capitais dos Estados que compõem a área de atuação da autarquia.

A 278ª Reunião  do CAS, que marcará a comemoração oficial pelo aniversário da autarquia e do modelo ZFM, está agendada para o dia 15 de fevereiro  em Manaus. As demais reuniões estão previstas para o dia 06 de abril , em Macapá . 30 de junho , em Boa Vista, 25 de agosto  em Porto Velho, 20 de outubro , em Rio Branco  e 6 de dezembro  novamente em Manaus.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

O STF tirou Renan e colocou Lula

O PT começou a botar as manguinhas de fora. Errou feio quem leva fé na correção do petista Jorge Viana no lugar de Renan Calheiros. É a hora da vingança dos derrotados, depois do impeachment de Dilma. Babam sangue pelos olhos. Porém,  a meu ver, diante das circunstâncias,  seria   o momento para o PT começar a pensar com seriedade no  Brasil. Com grandeza e espírito público.   Quem ocupa o lugar de Renan na presidência do senado não é Jorge Viana, é Luis Inácio Lula da Silva. Que fará de tudo para atrapalhar a vida de Temer, mesmo que o governo  tenha  base de apoio expressiva no senado. A política republicana vai  sentir  falta dos esforços, determinação e coragem de Renan Calheiros em benefício da governabilidade muito antes do que se imagina. Renan  é forjado em lutas. Não esmorece   diante dos obstáculos.   Não é dissimulado nem fantoche de ninguém.  Permanecerá influente articulador político e peça importante dentro do PMDB. Não se destrói fortaleza de aço com balas de festim.

Convite Instituto Canhotinha de Ouro


domingo, 4 de dezembro de 2016

VALORES INVERTIDOS?

É inquestionável que a delação premiada tem sido decisiva para o eficaz combate à corrupção.
Porém, na moldura de seu quadro existem aspectos discutíveis que podem, até, influir na formação do caráter de uma pessoa.
Os militares , por exemplo, não vêem com bons olhos o delator.
Na Convenção de GENEBRA, os prisioneiros de guerra estão garantidos pelo que podem declarar e a tortura é abominada. Na prática, não é o que se observa haja vista o radicalismo e o justiçamento feito pelo Estado Islâmico.
Durante os governos militares o “dedurismo” foi condenado, inclusive por civis, e artistas consagrados chegaram a ter suas promissoras carreiras precocemente encerradas, injustamente, por serem considerados “colaboradores”.
MARCELO ODEBRECHT, com livre trânsito nos gabinetes de autoridades de todos os níveis, recusou-se, inicialmente, a denunciar pessoas que cometeram, inclusive, crime de maior gravidade. Chegou até a criticar os que aderiram  intempestivamente à delação premiada, razão pela qual permanece na prisão até hoje.
Ocorre que ALBERTO YOUSSEF, condenado a 121 anos e 11 meses em somente 9 processos, teve sua pena drasticamente reduzida para 3 anos com os últimos 4 meses em prisão domiciliar. ODEBRECHT e tantos outros em situação semelhante não tinham outra escolha senão aderir ao “denuncismo”.
Qual será a orientação dos Mestres nas escolas quanto a esta nova problemática? E a educação dos pais no ambiente familiar? Qual a reação das crianças e adolescentes perante seus colegas e a sociedade? Delatar?
Outro assunto polêmico em discussão no Congresso Nacional diz respeito ao abuso de autoridade. Ninguém questiona a autonomia de juízes, do Ministério Público e da Polícia Federal. A independência da magistratura não está em jogo!
Porém,algo deve ser feito para coibir o abuso de juízes venais. Os holofotes da mídia têm atraído vedetes que extrapolam nos seus pronunciamentos e, principalmente, por ocasião de prisões cinematográficas de autoridades que poderiam ser efetuadas com maior discrição. Será necessário humilhá-los antes do julgamento final?
A principal medida anticorrupção,  a nosso ver, seria a devolução, com as correções devidas, de tudo que os criminosos desviaram da população e que deveria ser aplicado na assistência médica, educacional e na segurança pública.
Outro fato, talvez inédito na vida política nacional, foi o de um Ministro de Estado  recém nomeado gravar conversas telefônicas com seus pares e,  principalmente, com o Presidente da República que o acolheu. Não queremos entrar no mérito da questão já que o IPHAN de Salvador  jamais poderia concordar com a construção de um prédio de altura superior à máxima  permitida em sítio histórico da cidade.
Já imaginaram se esta moda pega? Haverá necessidade de instalar detectores de metais nas salas de despachos ou de reuniões governamentais? Serão realizadas revistas nos Ministros e entrevistadores? Gravadores e câmeras instalados ostensiva ou sigilosamente? Qual o clima de confiança  no relacionamento das autoridades? O que e com quem falar? A que ponto chegamos!
Esta inversão de valores é preocupante e pode extrapolar para outros setores, comprometendo, ainda mais, o flagrante desrespeito à autoridade que caracteriza o nosso ambiente e que tanto contribui para a insegurança generalizada.
Diante disto, novas medidas preventivas deverão ser tomadas principalmente na discussão de assuntos sigilosos que possam comprometer a segurança nacional.
O inimigo pode estar a seu lado!
O único consolo é o de nossas Forças Armadas ainda não terem sido contaminadas pelo vírus da delação, da traição, da gravação clandestina, da indisciplina, da desordem e da inobservância dos princípios hierárquicos, morais e éticos. 
Diógenes Dantas Filho- Coronel Forças Especiais/Consultor de Segurança  

Moro para a vaga de Gullar

Ancelmo Gois informa (O Globo - 4/12) que Sérgio Moro pretende escrever livro de memórias sobre a lava-jato. Maravilhosa notícia. Júbilo nos corações do mundo inteiro. Credencial  imbatível para o humilde e modesto juiz, que não suporta  holofotes,  torna-se imortal de qualquer academia de letras do planeta.  Do céu, entre as estrelas,  letrados ilustres como Rui Barbosa e Nelson Hungria apoiam Moro.  Entre nós,  o acadêmico Merval Pereira é o mais indicado para apadrinhar o incansável magistrado. Moro já poderia sonhar com a ABL, mesmo sem o livro pronto,  na vaga aberta com a morte de Ferreira Gullar. Na Casa de Machado de Assis, entre chá e torradas, Moro daria  aulas impagáveis  sobre delações premiadas, tornozeleiras eletrônicas, e vazamentos seletivos, para atenciosos acadêmicos. O fardão de  Moro seria presente dos inesgotáveis procuradores da lava-jato. Também craques em mandar prender e estipular penas e também avessos a badalações na mídia. Todos igualmente prontos para ingressar  em  Academias de Letras Jurídicas do Universo. Os fardões ganhariam da Odebrecht.

Amigo Florian

Amigo Limongi,
Boa tarde.
Hoje é uma data para ser muito comemorada. O dia do seu aniversário. Desejo saúde para você, principalmente que continue com a verve afiada. Abraços, Florian.

(Florian Madruga)

Leitor acerta na virilha

Seguramente muitos brasileiros  concordam e gostariam de ter escrito  a carta do leitor José Marques (Folha de São Paulo - 4/12), quando afirma, com sensibilidade e perfeição, que o  presente de Natal preferido das crianças este ano será um emprego para os pais deles. Bingo!

Show de Roberto Jefferson

Fazia tempo que o Correio Braziliense não publicava entrevista tão inteligente, esclarecedora e corajosa, como a realizada com o ex-deputado Roberto Jefferson. Parabéns a ele e ao jornal.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Juízes e procuradores não são deuses

É de um ridículo atroz a reação intempestiva de juízes e procuradores melindrados porque também foram enquadrados no pacote anticorrupção, aprovado pelos deputados. O show de esperneios é delirante e patético. Os argumentos contrários agridem o bom senso. O tema passou a ser tratado com paixão. O fígado conduz o raciocínio no lugar do cérebro.  Acredito que ninguém quer calar a justiça, como alega a ministra Carmen Lúcia. Muito menos será "impossível trabalhar", chora o procurador Deltan Dalagnol. Juízes e procuradores se acham deuses. Mas não são. Acreditam piamente que são intocáveis. Também não são. E o mais grave: atropelam a definitiva e incontestável verdade: a lei é para todos. Ninguém, nem juízes e procuradores estão acima do bem e do mal. O noticiário é farto e melancólico, envolvendo ações nada republicanas de juízes e procuradores. Cientistas ainda não descobriram nada comprovando, para o Brasil e para o mundo, que juízes e procuradores são intocáveis. Sábios e gênios impossíveis de cometer erros. Embora existam alguns deles que não dormem em cama. Mas em altar.

Meu coração em festa

Parabens meu amigo!
Saúde e bicho de pé!
Beijo,
Fernando Pinheiro


Parabéns Limongi,
foi um prazer ter conhecido você no último jogo do Brasil.
Fico feliz em receber sua mensagem e quero enviar meu abraço fraterno de felicitações pelo seu dia.
Que Deus continue a iluminar seus caminhos com muita luz e alegrias!!
Abraço
Israel Teoldo Costa


Meus Parabéns grande amigo Limongi, que Deus te dê muita saúde, muita paz e felicidades, você é um amigo especial que admiro muito e desejo tudo de bom pra você e sua família, abração!
Att. Reinaldo Alves Batista


Que sorriso jovial. Legal, parabéns. Bjs
Gerson do Guanabara
Osman Nasser


De Manaus, a floresta tropical que o mundo deseja, envio meu drinque de tacacá.
Robério Braga


Em tempo: Parabéns e vida longa para a luta diária!
Abs.
Murilo Frade Nogueira



Violência contra a mulher é debatida pela SUFRAMA na Assembléia Legislativa

Durante a Sessão Especial sobre os “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, realizada  na Assembleia Legislativa do Amazonas, a superintendente da Suframa,   Rebecca Garcia, chamou a atenção para todos os tipos de violência que atingem as mulheres e afirmou que esses atos devem ser combatidos diariamente.

Rebecca ressaltou que “não se quer combater apenas a violência física, que é a mais comentada por ser a mais evidente, mas devemos lembrar que há outros tipos de violência que impedem um grande número de mulheres de assumirem cargos de chefia, de receberem o mesmo salário que homens que exercem a mesma função. Todo tipo de violência faz parte do nosso combate”.

A superintendente disse, ainda, que “a SUFRAMA tem um papel fundamental no debate deste tema principalmente no que diz respeito às mulheres que estão trabalhando no Polo Industrial de Manaus, que representam grande parte da mão de obra das empresas incentivadas, sendo muitas vezes chefes de família que estão empregadas no Polo e são vitimizadas pelo preconceito e pelo simples fato de serem mulheres”.

A campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” começou  em 1991, com mulheres de diferentes países reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership – CWGL/EUA). No Brasil, a ação foi realizada pela primeira vez em 2003 e, neste ano, se estenderá até final de dezembro.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Parabéns aos colombianos pela solidariedade

Os brasileiros de todas as origens penhoradamente agradecem  ao povo e as autoridades colombianas pelas expressivas, nobres e cativantes manifestações de carinho e solidariedade diante da tragédia que vitimou jogadores do Chapecoense e jornalistas. A tragédia, que abalou o mundo inteiro, uniu nações em um só coração, tomadas pelo sentimento da fraternidade universal, com  amor, orações e fé.

Calero encarna peça de Nelson Rodrigues

O confuso, pouco confiável e atrapalhado  ex-ministro  Marcelo Calero encarna com louvor a inesquecível obra de Nelson Rodrigues que virou peça teatral e filme: "Bonitinho, mas ordinário".

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Faço minhas as palavras do senador Fernando Collor:

"O ESPORTE BRASILEIRO ESTÁ DE LUTO - Lamento profundamente o acidente aéreo que vitimou os jogadores da Chapecoense - incluindo o alagoano e meio-atacante Arthur Maia-, além de profissionais da imprensa esportiva e tripulantes da aeronave. A Chapecoense é um belo exemplo de sucesso e amor ao futebol. O "Furacão" do Oeste de Santa Catarina, cidade com apenas 200 mil habitantes, conquista o campeonato catarinense, ocupa o nono lugar no Brasileiro e chega  à final de um torneio internacional. Meus sentimentos de pesar aos familiares e amigos das vítimas e ao povo de Chapecó."

Amigos iluminam meu coração

Limongi, eu estava fora do país no dia do seu niver e agora pego carona no texto do Cabral (não é o Sérgio), mas o Bernardo, pra desejar saúde, paz, sucesso e felicidade ao lado de sua família.
Fique com Deus. Sem Ele,  nada somos.
Kleber Sampaio


Meus parabéns!
Saúde, sorte, alegrias e Boas notícias na nova idade. Forte abraço.
Reginaldo Oscar de Castro


Limongi, firme como aroeira.
Saúde!
Arthur Rezende.


Muita saúde, MERMÃO!
Vladimir Paixão

Parabéns e tudo de bom para o querido amigo!
Paulo Kramer


Muito lindos !!!!
Vicente tá gato mesmo !!!
Nazaré Limongi


Ebaaaa, muita saúde pra vocês, muito amor e felicidades sempre.
Viva o meu amigo querido!!!!
Lia Dinorah

Parabéns meu amigo e pelas filhas também!
Que Deus te de muita saúde, paz e harmonia.
Aclair Alves


De Cuenca, Equador, envio-lhe meus votos de muitas felicidades, Vicente
Um abraço.
Roberto Gesta de Melo


PARABÉNS SEMPRE LEMBRADO E LEAL AMIGO PELO SEU ANIVERSÁRIO . .MUITAS BÊNÇÃOS E GRAÇAS DE  DEUS  JUNTO À SUA TURMINHA QUERIDA . EXCELENTE FINAL DE SEMANA. ABRAÇOS SAUDOSOS.
Agenor Homem de Carvalho


Amigo-irmão,
Grato pelos votos! Você que me dá o privilégio de ser de seu mesmo dia, saiba que rogo a Deus que lhe dê saúde, felicidade e paz, juntamente com sua bela família!
Paulo Lustosa


Prezado Amigo Vicente,
Parabéns  pelos 72 anos, desejando muita saúde e felicidades juntamente com os seus.
Um Abraço,
 Moisés Sabbá


Mesmo fora do País não esqueci do aniversário do irmão e amigo dos amigos.!
Que Deus esteja sempre abençoando vc e sua querida família .
Feliz Aniversário!
Valmir Campelo


Que Deus esteja ao seu lado a cada segundo da sua vida.
É o que deseja o amigo e admirador.
Cordialmente,
Agnaldo Timóteo


PARABENS AMIGO! NO PÓDIO 72 BEM VIVIDOS, SAÚDE! E PROSPERIDADE DO SEU AMIGO NINJA
SERGIO FROTA


PARABÉNS, AMIGO!!!
TODOS AQUI EM CASA ESTÃO LHE MANDANDO UM FORTE ABRAÇO PELO DIA DE HOJE.
AGRADECEMOS MUITO POR SUA AMIZADE, E LHE DESEJAMOS TUDO  DE MELHOR QUE POSSA HAVER.
À NOITE, MEU PAI IRÁ TE LIGAR.
ABS,
PATRICIA NUNES


Limongi,
Feliz aniversário!
Sáude bastante para o combate do dia-a-dia.
Felicidades junto a sua família.
Sant' Anna


Salve, velho e incansável guerreiro!
Saúde, paz, sucesso, alegrias!
Parabéns para nós que temos a sorte de sua amizade.
Abração carinhoso,
Ruy Nogueira

Novamente Romário desobedece decisão do STF

A direção da CBF entrou hoje com  representação no STF, junto ao ministro Dias TofFoli  contra o senador Romário por divulgar  relatório separado e ainda não aprovado pela CPI do Futebol expondo sigilos bancários de dirigentes esportivos. O ato de Romário contraria decisão anterior de outro ministro do STF, Teori Zavascki, suspendendo a medida de Romário que indevidamente publicou os sigilos em notas taquigráficas, desobedecendo mais uma vez o STF.  Nessa linha, para agir corretamente, Romário teria que agregar as 300 páginas contendo os sigilos bancários ao relatório oficial da CPI, do senador Romero Jucá. Até agora a CPI não se reuniu para  votar os dois relatórios. Com a decisão arbitrária, Romário pode  inclusive ser enquadrado no código penal. 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Balofo e canastrão Avalone não tem autoridade para censurar Gerson

No Redacaosportv de hoje, segunda, um balofo com cabelos  pintados de preto, pior do que ave de graúna, vulgo Roberto Avalone, deu nota 9 ao eterno e cerebral craque Gerson. Será que o pançudo Avalone jogou mais do que o inigualável canhotinha de ouro?  O pândego Avalone jogou onde? Foi campeão por qual clube?Por acaso já colocou chuteiras nos pés? Pobre Avalone, recolha-se a sua medíocre e obscura insignificância. André Rezek, que habitualmente conduz bem o programa, deveria ter feito outra pergunta ao sábio de proveta Avalone: deu nota 9 ao inigualável Gerson porque tirou a camisa na cabine da rádio Tupy, vibrando com o retorno do Vasco a série A? Rezek , por sua vez, que não é otário como Avalone, aplaudiu Gerson pela atitude e mandou abraço para ele. Nessa linha, estranhei que o  excelente analista Carlos Mansur, ao lado do medonho Avalone, não tenha se manifestado. Apenas riu.  Ficou em cima do muro. A meu ver , Gerson que deu  imensas alegrias ao torcedor, encantando os estádios com seu exuberante futebol, tem o direito de torcer e manifestar sua alegria como quiser. Não será um canastrão como Avalone que vai criticar  ou censurar Gerson.